Facebook


Pesquisar no blog

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

BARBERA PERINI




O Facebook é, hoje, um forte e barato meio de propaganda.

As empresas vinícolas nacionais, todos os dias, nos brindam com mensagens que, obviamente, enaltecem os produtos brasileiros.

Com, ou sem, a presença de formadores de opinião, as vinícolas gaúchas nos bombardeiam, usando meias verdades e inteiras mentiras, com frequentes "recados" que elogiam, ad nauseam, a qualidade e excelência de seus vinhos.

Semana passada li um post, do Diego Arrebola.

Na ocasião, nosso melhor sommelier, comentava a Barbera da vinícola Perini

 
"De ontem à noite, o ótimo Barbera da Perini, equilibrado, com baixo álcool e acidez suculenta. Acompanhou muito bem fraldinha ao chimichurri com risoto de gorgonzola"

Conheço bem o quase-Barbera da Perini e sempre considerei um insulto o fato da Perini etiquetar aquele vinho como se Barbera fosse.

Por não concordar com o Arrebola, respondi

"Arrebola, Barbera Perini equilibrado? Acidez suculenta? Endoidou ou levou algum?"
 

Diego Arrebola "eu gostei. Não comparo com Barberas italianos, e nesse sentido não é típico, mas me agradou bastante. Talvez você tenha provado outra safra ou uma garrafa mal cuidada. Não levei nada por fora, e aliás nem conheço o pessoal da Perini pessoalmente..." 

baccoebocca, Então deve estar resfriado. É um insulto à Barbera chamar o vinho da Perini com o mesmo nome
 

O diálogo terminou com a última intervenção do Diego. "até estou resfriado hoje, mas ontem estava bem... Let's agree in disagree"

Arrebola, como sempre, educado e elegante.

Se o Diego levou, ou não, algum, não é importante.

Acredito ser importante o fato de o Arrebola afirmar textualmente "..... o ótimo Barbera da Perini, equilibrado, com baixo álcool e acidez suculenta"

Se o Diego Arrebola considera "ótimo" o Barbera da Perini qual o adjetivo terá à disposição, nosso sommelier, para classificar o Barbera do Alessandria, Burlotto, Ratti, Conterno, Braida etc.?
 
 

Nenhum.

Eu acho que o Barbera da Perini "fa cagare".

O Diego o considera equilibrado, suculento etc. e o assunto está encerrado...... Quase

Passeando pelas gôndolas do Pão de Açúcar, para verificar o quanto estou empobrecendo, quase enfartei ao ver o preço do quase-Barbera da Perini: R$ 80,90 (23 Euros).
 

Um bom e verdadeiro Barbera, nos supermercados italianos, é encontrado por 3/8 Euros.

O preço médio da uva Barbera italiana: 0,65 (R$ 2) Euros o quilo.

O preço médio da uva Barbera Gaúcha: R$ 1,30 o quilo

Para produzir uma garrafa de vinho um pouco mais que um quilo de uva é mais que suficiente.   

A pergunta:

Quem rouba mais?
 

O Pão de Açúcar ou a Perini?

 Os dois?

Não sei?

Sei, apenas, que o trouxa da historia é o consumidor brasileiro que, pra variar, bebe vinhos que "fa cagare" bem mais caros que os bons italianos.

Nossos formadores de opinião deveriam informar e alertar os consumidores quando estão sendo assaltados.

Dionísio

 

21 comentários:

  1. no começo do ano passado, comprei uma boa barbera, não me lembro de qual produtor, por R$ 29,90 no Oba. na pior das hipóteses, deve custar uns R$ 40 hoje. e mesmo a Bersano continua R$ 79 na Brilho - mesmo preço da Perini, mas outro nível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Perini , quando comparada com a Bersano, Parece um vinho totalmente diferente e muito , mas muito inferior

      Excluir
  2. Nossos formadores de opinião deveriam informar e alertar os consumidores quando estão sendo assaltados.

    Di, voce ja viu o que acontece quando alguem alerta os trouxas que estao sendo roubados por pastores evangelicos? Lembra o que acontece quando um "amigo" manda um artigo estarrecedor onde ha provas que um politico larapio foi pego com 400kg de ouro num cofre na africa"? E quando voce alerta alguem daquela conversa do cheque que he golpe?

    As pessoas tem uma queda por serem enganadas que he dificil de entender (petistas, ler). Matar o mensageiro he algo milenar. Entao some-se a resistencia que a pessoa tem em conceder que esta errada mais a ignorancia do brasileiro em relacao a vinhos (ignorante em tudo tambem) e temos como resultado esse pais caro, mas pobre em qualidade e em termos monetarios.

    Aprender a verdade sobre vinhos he frustrante. Vinho, politica e salsicha sao coisas que nao deveriamos nunca saber como sao feitos. Deprimente saber que o liquido precioso passa tanto por tanto processo fisico-quimico-quantico. Deprimente saber quanto custa a producao, quanto custa na venda.

    Que motivos esses "formadores de opiniao" teriam entao para tentar catequizar os silvicolas ignorantes? A rapaziada quer mais saber de tomar vinho azul e mostrar no FB a foto com uma legenda do tipo "urrrrrrrrrruuuuuu", "chic no urtimoooo".

    Quem alerta he mal visto...he chamado de amargo, de velho num lugar de muares e asininos.

    Quem para para ler e aprender com gente como voce e o peste-mor ja esta inclinado a aprender e aceitar as desgracas e picaretagens do vinho. Digamos que somos quase bem resolvidos no ego. O restante merece mesmo pagar R$ 1500 por um par de jeans com furos ou R$ 300.00 numa garrafa de 6 ave marias.

    SDS, candango mor.

    ResponderExcluir
  3. Verdade. Me sinto um quixotesco e impotente personagem lutando contra moinhos fantasmas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tambem nao da para desanimar. Vamos pensar que voces tivessem um blog para difundir boas dietas alimentares no mundo. Um blog serio para falar dos beneficios da dieta organica (nao gosto desse termo) e/ou integral e dos maleficios do consumo alto de carne vermelha grelhada/torrada.

      Seguramente seriam atacados por muitos, mas converteriam alguns para o bem e melhorariam a qualidade de vida dos mesmos. E ai, valeu a luta? Eu creio que sim.

      Ou como ha gente por ai tentando espalhar a mensagem de ciencia, de conhecimento como solucao para conflitos no mundo entre os ignorantes. Quem abraca a causa? Poucos, mas de poucos em poucos a coisa espalha ate que uma noite quando nao estivermos mais aqui chegaremos a um nivel desejavel de civilizacao.

      Isso se o T e o homem em Moscow nao acabarem com o planeta antes.

      Agora que falei tudo isso puxando o saco, manda para mim uma garrafa do pigato.

      Excluir
  4. Estou mandando o pigato através do único portador que encontrei: MALUF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malufao, virou cafe pequeno comparado aos larapios que assumiram tudo. Petralhada, pmdb, dem, psdb... psol, pqp. Nao sobra um.

      Excluir
    2. Concordo , mas meu ídolo foi o paradigma de muitos. Grande driblador

      Excluir
  5. Mas o que vc esperava em um país de eno-imbecis e corruptos ...?
    Estava eu ontem tentando garimpar algum vinho na promoção da mistral , alguma pechincha.,..
    Nesse momento entrou um filho de senador que sei quem é .... Pediu 3 Barbarecos GAJA , pagou R$ 1.290,00 em cada , e ainda reclamou dos 90,00 , pois da última vez tinha pago 1.200,00 .... Me senti um enoimbecil trabalhador ... Esse é nosso país !!!!
    ABS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é mesmo um país cheio de corruptos.

      Excluir
  6. Comparar preços sem considerar os impostos do Brasil sempre foi meio complicado. Mas depois da rodada de aumentos do IPI e ICMS em 2015/2016 é meio ridículo. Só o IPI deve dar mais que todos os impostos italianos... só a DIFERENÇA de imposto de um vinho do RS vendido no RS e vendido em BSB é 36% (o que explica porque um vinho que se encontra na casa dos R$ 50 no RS está R$ 80 no Pão de Açucar)

    ResponderExcluir
  7. É ridículo , verdade. A carga tributária italiana se aproxima dos 45% , a brasileira é de , aproximadamente, 33%. Um café expresso no shopping Amoreiras , em Lisboa, custa 0,70 Euros, em qualquer boteco fétido de Brasília custa R$ 4,50. Será o imposto o culpado? O pão de açúcar pode ter preços atualizados, mas , mesmo por R$ 50, aquele Barbera merda ,da Perini, é caríssima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ba, de onde voce tirou isso? Carga na italia he fixa em 20% (VAT). E ze fini. 45% pode ser se despesas adm mais despesas financeiras forem consideradas. Mas imposto nao, 20% VAT solamente.

      Excluir
    2. Desculpe ,mas o IVA (assim se escreve) , imposto direto, na Itália, é de 22%. No Brasil o IPI é 20%. Se computarmos toda a carga tributaria no Brasil alcançamos cerca de 50%. Na Bota 45% ou mais. O imposto não pode ser culpado pelos preços exorbitantes do vinho nacional.

      Excluir
  8. Carga tributária geral é uma coisa e imposto sobre um determinado produto é outro (até porque a carga sobre o vinho no Brasil é MUITO maior que 33%) até porque o Brasil taxa muito mais o consumo que a renda/patrimonio (não consegui achar a composição desses 44% da Itália)

    R$ 50 não é sem imposto. R$ 50 é com os impostos no RS (onde o ICMS é caro mas não estratosférico como no DF)

    O que o vinho tem a ver com o cafezinho em Lisboa (que é um lugar bem mais barato que a a Itália)?

    ResponderExcluir
  9. Ok entendi: No Brasil o vinho é caro pq é super-taxado e não pq os produtores são ladrões. O café de Lisboa era para comprovar que no Brasil se mete a mão despudoradamente. Vc está certo: o quase Barbera do Perini é bom e barato

    ResponderExcluir
  10. Eu não disse que o vinho é bom e barato. Até acho que o aumento dos últimos 2 anos foi maior que o simples aumento da carga tributária, já que a concorrência com o vinho importado ficou menor.

    Mas comparar preços do vinho no Brasil contra outros países sem considerar a diferença de imposto não dá...

    ResponderExcluir
  11. Caro Bacco,
    Você como bom entendedor dos vinhos Italianos, o que me falas sobre os vinhos da Fontanafredda?
    Recentemente comprei um Barbera deles por R$ 42,90 em uma loja de Sp. Gostei bastante do vinho. Voltei lá e arrematei o alem de outro Barbera um Dolcetto que ainda não foi abatido.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  12. A Fontanafredda , por sua importância histórica , mereceria uma matéria, mas, por enquanto , lá vai a resposta. Como toda grande vinícola a Fontanafredda não é conhecida ,nem reconhecida, por sua excelência, mas o Barbera e o Dolcetto , vinhos populares, são bons e valem o que custam. Se vc comprar, também uma garrafa de Perini e resolver comparar, perceberá o quanto a Perini é ladra. Boa compra.

    ResponderExcluir
  13. Quero comprar um vinho para o meu pai e mãe. O que recomenda?

    ResponderExcluir
  14. Depende de quanto quer gastar. Quando estive no Brasil encontrei um bom Barbera Bersano por R$ 80. Tente pesquisar na internet outras marcas.

    ResponderExcluir