Facebook


Pesquisar no blog

quinta-feira, 17 de abril de 2014

LANÇAMENTO DE QUEIJO


 


Dia sem chuva, algumas nuvens, luminosidade não muito intensa..... Ótima ocasião para fotografar os campos da Toscana.

Toda Val D’Orcia é estupenda!

 
 
 Seguindo a estrada que de San Quirico alcança Pienza e que de Pienza serpenteando, por campos e vales de tirar o fôlego, chega até Monticchiello, o vale se supera.

Poucas vezes os olhos poderão contemplar paisagens campestres tão fascinantes (eu não conheço paisagem mais bonita).

É preciso, todavia, ter um mínimo de cultura e sensibilidade para poder apreciar este lenço de território que a própria UNESCO, em 2004, reconheceu como patrimônio mundial da humanidade.
 

Não acredito, por exemplo, que aqueles quatro palermas, muito bem descritos por Dionísio, que encontramos em Montalcino no "Re di Macchia", tomando cerveja, saibam apreciar, em toda sua plenitude, tanta beleza.

Preconceito?

Talvez, mas quem recusa um Brunello em Montalcino é, também, preconceituoso.

Pouco movimento, raros carros percorrendo a estreita estrada....  A incomum tranquilidade permitiu inúmeras paradas para fotografar.

Quase chegando a Monticchiello fomos surpreendidos por um grupo de 50 ou 60 homens que em uma estradinha lateral lançava uma esfera branca.
 

A esfera rolava pelo asfalto em altíssima velocidade antes de parar ou entrar pelo mato adentro.

A cena inusitada instigou nossa curiosidade.

 Parei o carro e caminhamos até o grupo   para ver, acompanhar e entender a manifestação.
 

Os presentes, todos além dos “entas” (quarenta, cinquenta, sessenta …), contentes com nosso interesse, não se fizeram de rogados e explicaram o que estava acontecendo.

Estava sendo realizado o torneio regional do lançamento de queijos para escolher os participantes regionais que, em maio, disputariam o campeonato italiano da modalidade.
 

Acredite, se puder e quiser: O torneio de lançamento de queijos faz parte da tradição local desde o período etrusco (900/600 AC), continua viva até nossos dias e consta do calendário da “FIGST” (Federação Italiana jogos e Esportes Tradicionais).  

O lançamento da forma de queijo segue normas rígidas e controladas pela federação.

Os queijos (pecorino, asiago, toma, parmigiano etc....), por possuírem formas e pesos desiguais, competem   em categorias assim subdivididas: Até 1,5 kg, até 3kg, até 6,5 kg e, acredite, até 16kg.
 

A forma de queijo, envolvida por uma corda (lembra o jogo do pião?), é lançada, com toda a força, por uma estrada campestre asfaltada, ou não.

Cada competidor lança o queijo oito vezes.

Vence aquele que, no final dos oitos lançamentos, alcançar a maior distância percorrida pelo queijo.

Um pormenor: O lançamento é medido, a cada jogada, desde seu início até quando a forma parar ou sair da estrada entrando pelo mato.  

Há inúmeros percalço: Buracos, curvas, subidas, descidas etc..

 Incríveis marcas: Presenciei lançamentos que alcançaram mais de 200 metros, desviando de curvas e buracos, antes de pararem definitivamente.
 

A forma de queijo é preparada meses antes e, no dia da competição, apresenta consistência e dureza incomuns, mesmo assim, durante a competição, uma ou outra peça quebra.

“Quando quebra o que acontece?”

 Minha pergunta fez os participantes sorrirem.

“Quando quebra cortamos em pedaços e comemos acompanhada de um bom vinho” 

Parece incrível, mas há uma verdadeira multidão, em toda a Itália, que se dedica com paixão ao “esporte” e que participa dos inúmeros campeonatos que são realizados em toda a Bota.

Quando você puder, participe de um desses fascinantes eventos

Bacco

 

 

 

 

 

 

9 comentários:

  1. Muito legal! Eu sabia que tinha um fundamento aquela brincadeira que fazem com os mineiros, de que se quiser ver um correndo morro abaixo é só jogar um queijo. Tá vendo? Não é loucura isso. Se eu tivesse lá acompanharia o queijo e ficaria feliz quando quebrasse um... : )
    Salu2

    ResponderExcluir
  2. Show!!! Isso é viver !!!
    Maul

    ResponderExcluir
  3. pois é, tem aquela corrida atrás do queijo ladeira (bem íngreme) abaixo, na Inglaterra, mas esse lançamento é novidade pra mim.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Cooper's_Hill_Cheese-Rolling_and_Wake

    mas a pergunta que não quer calar é: alguém do staff de Bacco & Bocca já participou, ou pretende participar, da Maratona do Médoc?

    http://www.marathondumedoc.com/

    essa sim deve dar gosto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só participamos de maratonas motorizadas......

      Excluir
  4. Pessoal, boa pascoa! Aquela data boa pra abrir os rótulos do fundo da adega que não tomamos todos os dias. Desejo muitos vinhos interessantes, sinceros, fantásticos e porque não, biodinamicos, que são os vinhos mais sinceros, com sotaque, pé no chão e beatnik, secondo me. Hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha... Muito boa! Pé franco. Sem enxerto.

      Boa páscoa para todos os Bacconildos.

      Excluir
  5. Honestamente pensei que fosse um troll de voces. 1 de Abril con retraso. Dai vi que existe esse flagelo de campeonato.

    Evento que pode ser descrito como peculiar, diferente, raro, alegre, louco....mas fascinante? Que programa de televisao excita voces?? Tv senado? C-span?

    Eu fico com a velha e boa malhacao do Judas como meu campeonato favorido uma vez ao ano....judas vestido de lulla, sarney, cbf, andre vargas, alkmin, siemens, construtoras, judiciario nacional, congressos e assembleias, padres e pastores calhordas, rabino que rouba gravata, blogueiros de vinhos, importadores predadores.....

    Pestes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo inferno astral , o seu....Fiquei com inveja

      Excluir
    2. Vamos nos matar tomando um delicioso espumante nacional com uvas surpresa? Garanto que nosso figado nao aguentaria mais de 4 semanas.

      Excluir