Facebook


Pesquisar no blog

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

CAFÉ MANDIOCA



De todas as heranças malditas que os últimos governos nos legaram: corrupção desenfreada, aparelhamento do estado, dilapidação das finanças públicas, roubo nas estatais etc., há duas que me emputecem.
 
 
 

A primeira: todos podem ser desonestos o importante é não ser pego.

A segunda: o Brasil é uma potência e os brasileiros são ricos.

A Lava Jato está tomando conta da primeira e a segunda fica por conta da amarga realidade que está abrindo os olhos da atual "classe-abaixo-da-média" nacional que sonhava viver em uma grande Suíça e acordou amargando um imenso Maranhão.  
 

Viagens ao exterior mais curtas e mais difíceis, malas com as compras feitas em Miami cada vez mais leves, "assaltos" às lojas de griffe de Milão, Paris, New York, Londres, sempre mais raras..... O brasileiro caiu do real e na real?

Quase.

Quem é de Brasília pode conferir o "quase".

Na QI 11 do Lago Sul há um bar, "Fran's Café", que continua impávido metendo a mão, impune e imune e considera o brasileiro um imbecil.
 

O "Fran's Café", reduto de doleiros, lobista, picaretas, arrivistas, peruas, etc. de segunda ou terceira categoria, cobra pornográficos R$ 5,40 por um simples café expresso.

É preciso salientar que a qualidade do café servido no "Fran's" está mais para Sol Nascente (favela de Brasília) do que Lago Sul: Uma merda!

Resolvi fazer algumas pesquisas.

Para produzir uma xícara de café expresso são necessários 8/9 gramas de café moído.
 

 Grosso modo um quilo de café resulta em 110 xícaras.

Um quilo de café torrado custa, no atacado, 18/20 R$.

O "Fran's Cafetão" com um quilo de café produz, então, 110 xícaras, número, que multiplicado por R$ 5,40, nos leva há um resultado nada desprezível: R$ 594.
 

Um lucro bruto de quase 3.000%, rentabilidade quem nem é sonhada até pelos mais predadores produtores de vinho nacionais.

Vamos à Europa.

Em todos os bares italianos o café expresso custa 1 Euro.

 Em raras exceções, (aeroportos, autoestradas) o valor cobrado e de 1,10 Euros.

Temos, então, um mínimo de R$ 3,60 e um máximo de 4 R$.

Há um pormenor: O café, em grãos, na Itália custa 60/65 R$ o quilo (três vezes o custo do Brasil).

Mais uma dica: No shopping "Amoreiras" de Lisboa você pode tomar um ótimo expresso por 0,70 Euros (R$ 2.60)

Enquanto isso os babacas brasilienses continuam sendo "cafetinados" pelo "Fran's Cafetão"
 

Boicotar estes ladrões, também, é preciso.
MANDIOCA NELES

Dionísio

5 comentários:

  1. Di, o fran's cafe esta certissimo de pensar que o bananico nativo seja um imbecil. Sao mesmo. Mas eu desanimo quando vejo que o bananico nao aprende e tem um desejo doentil que he passado de geracao a geracao (tal atavismo) em ser passado para tras com constancia.

    Supondo que um senador corrupto e bilionario va ate la com alguma baranga para pagar 5.40 numa xicara. O cara tem dinheiro (nosso)? Tem. Mas precisa pagar por algo tao ruim? Ai que nao entendo...o povo paga muito por nada. Pior que comer puta velha com doenca por preco de top model.

    Em banania o cara paga agio para comprar carro da VW.... compra ingresso de cambista para ver teatro com algum boiola ator da globo...

    Vergonha e frustracao sem fim.

    Me tirem os tubos. SDS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tire os tubos e vem pra Lisboa....

      Excluir
    2. tá em Lisboa, Dionísio? mande um abraço ao Pedro. quando você voltar ao DF, tenho uma garrafa (indicada pelo JR, aliás) para você conhecer.

      ainda sobre o DF e sobre o assunto desse post: não muito longe do Fran's, na QI 13 (a da comercial do Carrefour), há uma doceira argelina, Louzia, que tem doces fantásticos (até você, que não é tanto de doces, vai gostar) e um café bem melhor que o do Fran's. já esteve lá?

      Excluir
  2. E o peruano Taypá (também no Lago) que cobra R$ 8,00 por um Nespreso (argh!), fora os 10%?

    ResponderExcluir