Facebook


Pesquisar no blog

terça-feira, 29 de outubro de 2013

MAIS UMA SENSACIONAL RECEITA



E por falar.

E por falar em “Final de Tarde no Lord Nelson” .... No dia em que fotografei o por do sol, que aparece na matéria homônima, resolvi jantar no restaurante da casa para provar os novos pratos que o chef (este não é blefe), Ivan Maniago, havia inserido no cardápio.

Os restaurantes, em toda a Itália, costumam trocar o cardápio quando há mudança de estação.

Com o verão chegando ao fim os pratos leves, frescos e pouco calóricos, cedem espaço para uma cozinha mais rica, temperada, mais pesada.

Funghi, tartufi, carnes de caça, risotti, polenta, bacalhau, fonduta, etc. tomam conta das panelas e reinam absolutos até a primavera.

Escravo de eterno regime, quase esquecido no excessivo consumo de espumante e canapês, escolhi apenas um antepasto: 

 “Cappasanta Croccante com Purè Aspro”  

(Vieras Crocantes e Purê Azedo).






Após provar o antepasto fiquei de queixo caído (repeti o prato em outras três ocasiões).

O jovem chef Ivan, (25 anos), que pode ser visto no link http://www.youtube.com/watch?v=7vjm40BxAuQ
preparando uma sensacional “Bistecca alla Milanese”, não para de me surpreender com sua inventiva, combinação de sabores, a apresentação dos pratos.

Conheço Ivan desde o dia que aportou no “Lord Nelson” e não tenho maiores dificuldades em “filar” as receitas de seus melhores pratos.

Amparado pela amizade pedi a receita da “Cappasanta” e Ivan imediatamente me atendeu.

Devo alertar que o prato exige, do cozinheiro, habilidade um pouco acima da média, muito cuidado e razoável tempo de preparo, mas garanto que o antepasto, quando bem executado, doará muita alegria para o “chef” e convivas.

 

PREPARO:

Limpar e salgar as vieiras. Em um dos lados colocar uma fina fatia de pão e fritar à temperatura elevada (1 minuto cada lado)

O pão tornará as vieras crocantes.

Preparar um purê clássico adicionando algumas gotas de limão e ralar um pouco de sua casca (o limão deverá ser o siciliano).

Em uma panelinha colocar leite e creme de leite fresco em quantidades iguais. Adicionar alguns grãos de pimenta do reino, de boa qualidade e muito aromática e reduzir até que o creme engrosse.

Coar o todo para eliminar a pimenta.

Empratar alternado purê e vieiras e condimentar com o molho reduzido.

Ivan dispõe de uma cozinha muito bem aparelhada e, para dar mais um toque de sofisticação ao prato, esquentou, com o vapor da máquina de café expresso, um pouco de leite, exatamente como se faz com o “cappuccino” e ornamentou as vieiras com a espuma.

Prato excepcional, que provavelmente não será realizado à perfeição na primeira ou segunda experiência, mas com um pouco de teimosia e talento.....   

Para beber?

Você sugere algo melhor do que um Champagne rosé?

Bacco

Um comentário:

  1. quanto mais vocês postam, mais eu quero ler... e comer, beber, viajar...

    ResponderExcluir